Volvo – uma escolha óbvia para Maggie

Maggie Tsang mal podia acreditar quando soube que o Grupo Volvo estava procurando uma designer de serviços.
Volvo – uma escolha óbvia para Maggie

“Isso mostra que a Volvo está mesmo na vanguarda da inovação e da tecnologia”, celebra. “Eu me candidatar ao cargo foi uma escolha óbvia.”

Maggie tem mestrado em engenharia na área de design técnico, pela Chalmers University of Technology em Gotemburgo, Suécia.

Trabalha para o Grupo há cerca de quatro anos, começando no desenvolvimento de tecnologia, mudando-se recentemente para Connected Solutions.

Quando se candidatou ao emprego, ela não tinha vínculos anteriores com o Grupo Volvo, nem durante os estudos nem de algum programa de pós-graduação da empresa. Foi um verdadeiro presente dos céus quando tive a chance de me juntar ao Grupo”, revela.

Maggie explica como ficou satisfeita e um tanto surpresa quando descobriu que o Grupo estava procurando um designer de serviços. “Quatro anos atrás, serviços desse tipo eram mais encontrados em empresas novas e menores. Quando descobri que um grupo tão grande e estabelecido como a Volvo estava tão avançado, achei interessantíssimo”, acrescenta.

Então, o que faz um designer de serviços?

Segundo Maggie, o papel envolve entender as necessidades dos usuários e, então, desenvolver serviços que atendam a essas necessidades. “Trabalhamos diretamente com nossos clientes ou com as empresas de caminhões e ônibus do Grupo. Pode ser com proprietários de ônibus que precisem de um aplicativo fácil de usar para obter uma boa visão geral da frota de ônibus ou com novos serviços que ajudem as transportadoras a reduzir o consumo de combustível com mais eficiência. Temos uma abordagem abrangente e apoiamos o cliente em todo o processo, desde a ideia, passando pelo design e desenvolvimento, até o serviço finalizado”, explica.

Boa visão do negócio

Para ela, a vantagem do trabalho é esse grande contato com as diferentes empresas dentro do Grupo, clientes e usuários finais. Acredita que está obtendo uma boa visão dos negócios do Grupo e dos clientes.

“É muito estimulante e instrutivo”, ressalta. “Eu sinto que estou fazendo a diferença. Nosso papel é agregar valor aos clientes e entender o que realmente precisam, mesmo que, em certos casos, eles nem tenham pedido.”

Maggie faz parte de uma equipe que trabalha no Laboratório de Inovação da Connected Solutions, do Grupo Volvo. É uma nova divisão que foi criada precisamente para desenvolver novos serviços e inovações em digitalização e parceria.

“Somos um pouco mais de 25 pessoas com diferentes funções, como desenvolvedores de software, analistas de dados, gerentes de inovação e designers de serviços, como eu. Aprendemos uns com os outros e apoiamos uns aos outros”, afirma.

Maggie acredita que um dos desafios do trabalho é o tempo. “O desenvolvimento muda rapidamente e temos que acompanhar”, esclarece. “Temos que aprender a trabalhar de maneira diferente e mais rápida, e é aí que entra o Innovation Lab, pois nos dá a oportunidade de fazê-lo. Isso combina comigo.”

Muitas oportunidades

Visando o futuro, ela vê muitas oportunidades para seu desenvolvimento pessoal e sua carreira. Sente que a necessidade de serviços dentro do setor de transportes está crescendo: “Por ter sido uma área com pouca pesquisa, há alguns anos tem sido uma exigência automática dos mercados”, diz. “É por isso que é tão bom que o Grupo Volvo esteja na vanguarda disso e que a administração enfatize a importância de continuar desenvolvendo nossos serviços”, conclui.

É muito divertido e instrutivo. Eu sinto que estou fazendo a diferença.

É assim que trabalhamos com inovação.

Conheça também Emelie Ågren, engenheira industrial que trabalha com veículos conectados e tecnologia avançada.

Está a fim de se juntar às nossas equipes? Leia mais em nossa Página de carreiras.

Related News