Ações pelo Equilíbrio do Planeta

Se somos parte do problema, também devemos fazer parte da solução. Com essa filosofia, o Grupo Volvo, busca constantemente a redução dos impactos ambientais provocados por suas atividades industriais e por seus produtos. Tradicionalmente, a empresa se antecipa ao mercado e investe no aprimoramento tecnológico para conciliar a competitividade comercial com a proteção ao
meio ambiente.

Menos impacto ambiental nas atividades produtivas

O Grupo Volvo possui 58 fábricas localizadas em 19 países ao redor do mundo. Para assegurar que todas as unidades operem de acordo com as exigências ambientais, o Grupo estabelece, em sua Política Ambiental, níveis mínimos e objetivos envolvendo o manuseio e a gestão de produtos químicos, energias, emissões, geração de efluentes, resíduos e normas de certificação ambiental. 

Metodologia Volvo analisa como seus produtos afetam o meio ambiente

Para analisar como um produto afeta o meio ambiente em todas as etapas – da matéria-prima aos resíduos finais –, a Volvo utiliza uma metodologia de desenvolvimento e gerenciamento de produtos denominada de Life Cycle Assessments (LCA). Por meio dela, são identificados seis estágios no ciclo de vida de um produto. Para cada um desses estágios, foram estabelecidos requisitos e objetivos ambientais específicos. Todos os produtos possuem um documento denominado Declaração Ambiental onde estão especificados os principais impactos causados ao meio ambiente durante todo o seu ciclo de vida.

Produtos desenvolvidos com cuidado ambiental

Durante o desenvolvimento de seus produtos, a Volvo adota uma metodologia mundial denominada Global Development Process (GDP), que estabelece todas as fases e requisitos necessários para a elaboração e para a modificação de um produto. Para todos os projetos, existem restrições (Lista Negra) e orientações (Lista Cinza) específicas envolvendo o uso de materiais que venham a causar impactos à saúde e ao meio ambiente. 

Treinamentos para os usuários dos produtos Volvo

A Volvo oferece cursos ao usuário final de seus produtos para que conheçam integralmente a tecnologia e os recursos oferecidos estimulando a adoção de práticas que favoreçam a economia de combustível. Ao adotar corretamente essas orientações, o motorista e/ou operados pode reduzir o consumo de combustível e, consequentemente, reduzir a emissão de dióxido de carbono (CO2) em torno de 3 a 15%.

Estratégias para a reciclagem de produtos

Ao desenvolver seus produtos, o Grupo Volvo busca utilizar a maior quantidade possível de materiais recicláveis. Após a vida útil dos caminhões Volvo, por exemplo, 96% de suas peças podem ser recicladas. Há inclusive iniciativas como o Programa de Remanufatura de Peças, no qual as peças avariadas (usadas) são recebidas como parte do pagamento na compra de uma peça equivalente remanufaturada. Já o Programa de Seminovos Viking possibilita que um veículo usado e/ou sinistrado – passível de recuperação – seja aceito como parte do pagamento nas negociações envolvendo veículos novos.